17 de janeiro de 2014

Oliveira #2

Depois de quase um ano de crescimento livre, estava na altura de começar a definir melhor a estrutura dos ramos. (Primeiro post desta árvore)

Esta oliveira é do tipo de material que deixa muito a desejar, mas serve perfeitamente para ir treinando as técnicas de bonsai. No final, decidi deixar um dos ramos (do lado direito) em crescimento livre, porque precisa de engrossar bastante e, se começar a cortar, a velocidade com que isso acontece diminui consideravelmente.



Ainda bem que fiz este post, porque tenho apenas usado clip-and-grow para a evolução desta árvore e já vi que precisa de uns arames para dar mais movimento à estrutura dos ramos, caso contrário vou ficar aqui com uma árvore sem interesse nenhum. 

Um abraço,
Gonçalo

Sem comentários:

Enviar um comentário