29 de agosto de 2012

Bonsai Serissa

Esta Serissa é o meu único bonsai neste momento. Comprei-o juntamente com um ulmeiro (que secou pouco tempo depois de chegar a minha casa) no Verão de 2011, na Iberbonsai.

Como não estava contente quanto à forma que os ramos tinham, tenho vindo a fazer umas intervenções radicais para tentar melhorar a forma.

Serissa quando chegou

Na foto não se vê bem, mas onde se divide o tronco, estavam 3 ramos. Os dois ramos do lado direito estavam cruzados e resolvi isto aramando o ramo que está mais próximo e passando-o para a parte posterior da planta. Foi trabalhoso e teve de ser gradual, porque os ramos da serissa são bastante quebradiços.

Passados uns meses, quando retirei os arames vi que tinha sido bem sucedido na intervenção, mas estava descontente com a forma da serissa na mesma.

Para o bem da planta, decidi não mexer mais os ramos e durante o ano de 2012 apenas tenho vindo a tentar compactar a ramificação, porque as extremidades dos ramos têm muita distância entre os pares de folhas.
Basicamente, deixo crescer o ramo até ter cerca de 4-5 pares de folhas e corto a seguir ao primeiro par. Assim, vai engrossando um pouco e permite desenvolver uma folhagem mais compacta.

O problema foi quando decidi voltar a podar as extremidades dos ramos, esta terça-feira. Como não estava satisfeito com a forma, decidi começar a cortar uns ramos mais antigos, para começar a encurtar a distância entre a folhagem e a base da árvore e não consegui parar. Retirei até aquele ramo que já tinha mudado de direcção.
Isto é o resultado:

Após a intervenção

Fiquei mais satisfeito com o resultado e a ideia é deixar em crescimento livre aquele pequeno ramo do lado direito, de forma a preencher o vazio à direita e do lado esquerdo fazer o mesmo, mas com ramos mais curtos e compactos de raíz.

Espero é não ter condenado a pobre árvore, visto que uma intervenção deste tipo não devia ter sido feita nesta altura do ano...

Se ela sobreviver, tenho que lhe mudar o substrato na próxima Primavera, porque ainda está no mesmo com que veio da Iberbonsai. Talvez baixe o ramo mais alto do lado direito com arames no próximo ano, mas primeiro tenho que deixar a árvore recuperar bem.


Da próxima vez que pegar nas tesouras, tenho que tomar uns calmantes antes :)

Abraço!

28 de agosto de 2012

Pinheiro Negro Japonês - Pinus Thunbergii

Das 25 sementes de pinheiro negro japonês que plantei no final do ano passado apenas germinaram 2 pinheiros.

A taxa de sucesso parece ser baixa, mas ainda tenho sementes em terra e podem germinar no próximo ano. Penso que é bastante comum as sementes ficarem num estado de dormência por mais de um ano.

Infelizmente um dos pinheiros morreu passado uns meses de ter germinado e as minhas esperanças estão com este pequeno resistente:

Pinheiro Negro Japonês - Pinus Thunbergii

Nasceu na Primavera de 2012 e tem estado a evoluir bastante bem, a meu ver. Sei que é uma espécie de crescimento lento e é complicado fazer um Bonsai de Pinheiro Negro a partir de semente.
Por mim, desde que a árvore sobreviva o tempo necessário, terá sempre a paciência que precisa para atingir o seu potencial. Quero muito um bonsai de pinheiro negro, mas não vou apressar o ritmo natural da árvore.

Nesta foto podem ver as primeiras ramificações a formar-se

Na próxima Primavera vou passar este pinheiro para um escorredor, tentando não lhe mexer nas raízes e aí ficará, em crescimento livre durante pelo menos um ano (podem ser dois anos). Depois posso começar aos poucos a seleccionar as ramificações e aramar quando atingir a estrutura necessária.

É um projecto de longo prazo, mas vou desfrutar de cada passo que a árvore dê, tenho a certeza :)

Um abraço!

27 de agosto de 2012

Actualização Buxus e Cerejeira Japonesa

Desde que transplantei estas duas plantas para um escorredor com uma mistura de solo bastante drenante, que têm estado a desenvolver muito bem.

O buxus, como planta de crescimento lento que é, demorou um ano até conseguir desenvolver as raízes o suficiente para passarem pelos buracos do escorredor, mas o desenvolvimento das folhas e ramificações novas tem sido bastante bom.
Neste momento está em crescimento livre, pelo que mais parece um pom-pom que uma árvore. No próximo ano vou começar a usar a técnica de clip and grow e aramar um pouco para começar a dar forma à árvore.

Buxus com escorredor e mamadeira


Pormenor do Buxus

A cerejeira japonesa, que germinou em Abril do ano passado, foi atacada por algumas pragas este ano e tem as folhas bastante afectadas. No entanto, já tem cerca de 1 m de altura e engrossou bastante a base do tronco.
Estou bastante contente com a evolução desta menina. Na próxima Primavera vou reduzir para um pouco menos de metade a altura da árvore e tentar obrigá-la a começar a desenvolver ramos mais abaixo no tronco.
Estou ansioso para que ela desenvolva o suficiente para começar a florir na Primavera.

Cerejeira Japonesa (supostamente Prunus Yedoensis)

Pormenor do Tronco
Um abraço!